Petrópolis – RJ


A cidade é rica em histórias e encantos. Marcada pela presença da família real, que tinha a cidade como um refúgio no verão, guarda um preservado e diversificado acervo. O Museu Imperial, o Palácio de Cristal e a Catedral são alguns exemplos. Mas a história de Petrópolis não se reduz só a família real. Houve uma presença marcante de outras personalidades como o Barão de Mauá e Santos Dumont. Além de colonos alemães que enriqueceram a cultura da cidade com seu estilo arquitetônico e gastronômico.

No domingo, dia 13/12/2009 visitamos Petrópolis , Cidade Imperial, distante 70 km do Rio de Janeiro.

Tivemos contato com a cultura alemã, responsável pela colonização da cidade e com os todos os registros arquitetônicos e sociais influenciados pela passagem da familia imperial no séc XIX.
O Museu Imperial e a Casa de Santos Dumont emocionaram a todos os presentes que puderam comprovar o rico acervo de objetos pessoais do Imperador D.Pedro II e sua família, além da genialidade de Alberto Santos Dumont.

No último dia 09/01 a Rios de História levou um grupo de turistas de vários estados do nordeste a Cidade Imperial de Petrópolis.

2 comentários: